Apresentação

A Universidade Federal do Espírito Santo, através de um acordo de parceria entre a FAPES e a empresa VALE, encontra-se no processo de criação do Instituto de Estudos Climáticos, com o objetivo de estimular a formação e qualificação de pesquisadores nas temáticas de mudanças climáticas e de integrar competências entre academia e setor produtivo. Suas ações virão a contribuir para que as atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação sejam potencializadas,   estimuladas e  fortalecidas, com geração de produtos, processos e resultados técnico-científicos  capazes  de  responder às questões de interesse comuns no tocante às mudanças climáticas e seu impacto socioeconômico e ambiental, particularmente no Estado do Espírito Santo; e promover o desenvolvimento de competências locais nas IES capixabas e nas IES parceiras ao nível nacional e internacional.

Cada vez mais, o clima, seus eventos e variações, estão demandando respostas não somente da ciência, mas também para informar as políticas publicas de abrangência local, nacional e global. Isto porque o que se tem observado em terras capixabas não são eventos isolados, pois ocorrem em outros territórios do Brasil e do mundo. Particularmente, são longos períodos de estiagem, altas temperaturas, chuvas mal distribuídas, fragilidade dos solos, e o enfrentamento, em 2016, da pior seca dos últimos 80 anos. De maneira global, esses e outros eventos e desastres naturais de magnitude surpreendente para a ciência e para a sociedade em geral impactam todos os setores da vida social, econômica e o meio ambiente. Em resposta, com o paulatino uso da tecnologia, principalmente do poder de observação da terra a partir do espaço e da capacidade de modelar computacionalmente o sistema climático, a ciência climática vem ancorando seu arcabouço em diversificadas pesquisas interdisciplinares e, ao mesmo tempo, protagonizando a necessidade de mais investimentos de fontes públicas e privadas para real e efetivamente esclarecer e orientar a população para a convivência com as aquelas mudanças climáticas que já se tornaram inevitáveis. Não é sem razão que, inclusive, a Agenda 2030 da ONU insere os aspectos centrais sobre as mudanças climáticas como um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O Instituto de Estudos Climáticos da UFES irá promover e desenvolver pesquisas interdisciplinares na ampla temática de mudanças climáticas, abrangendo as seguintes Linhas de Pesquisa: modelagem do sistema climático, modelagem do sistema terrestre, cenários futuros de mudanças climáticas; observações de extremos e variabilidade climática e estudos de atribuição de causas; impactos das mudanças climáticas nos setores de recursos hídricos, agricultura, silvicultura, biodiversidade, infraestrutura, saúde, zonas costeiras, oceanos, energia e desastres naturais, e estudos de vulnerabilidade e adaptação; mitigação das mudanças climáticas.

A implantação do Instituto de Estudos Climáticos da UFES está sendo coordenada pelo Prof. Carlos A. Nobre, conhecido cientista brasileiro da área climática.

 

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910